English Português Compromisso com a sustentabilidade

Aliança Brasileira para Biocombustíveis de Aviação

A indústria global do transporte aéreo contribui em torno de 2% dos gases de efeito estufa gerados por ações do homem. O crescimento desta indústria nas últimas décadas, aliado ao aumento de eficiência evitou que o cenário atual fosse mais representativo. No entanto, com o constante crescimento do tráfego aéreo, a previsão é de que esta proporção deverá aumentar nos próximos anos.

Em resposta a esta previsão, a aviação civil como um todo: empresas aéreas, fabricantes de aeronaves, sistemas aeroportuários e de controle de tráfego aéreo vêm trabalhando coordenadamente numa série de metas para reduzir seu impacto ambiental, de forma a manter-se como um instrumento do crescimento econômico. Essas metas incluem: melhoria da eficiência de combustível de 1,5% até 2020, limitar as emissões da indústria a partir de 2020 e reduzir em 50% as emissões da indústria até 2050, tendo como linha de base 2005.

Para que essa meta seja atingida é essencial a utilização de biocombustíveis drop-in – produzidos a partir de biomassas sustentáveis que não contribuam para o desflorestamento e apresentem balanço positivo de emissão de CO2 em comparação com o combustível derivado do petróleo.

Motivado pela crescente demanda em atender os requisitos para a redução de emissões de gases do efeito estufa na aviação, bem como fornecer caminhos para a segurança energética do Brasil, a ABRABA coloca-se como um fórum para discutir os diversos aspectos do desenvolvimento de biocombustíveis aeronáuticos sustentáveis que posicione o Brasil como um dos principais protagonistas mundiais nesta tecnologia, a exemplo do que já é realizado  no transporte terrestre.

Em diferentes regiões do mundo, empresas aéreas e fabricantes de aviões têm realizado voos utilizando combustíveis alternativos, principalmente com bioquerosene misturado ao querosene convencional de aviação, com o objetivo de demonstrar a viabilidade técnica desses  combustíveis renováveis. Entre 2008 e 2010, foram realizados oito voos de demonstração com biocombustíveis produzidos a partir de diversas matérias primas, um dos quais, no Brasil,  utilizando o pinhão-manso produzido no país  como matéria prima para o biocombustível.

Objetivo da ABRABA:

Promover iniciativas públicas e privadas que busquem o desenvolvimento, a certificação e a produção comercial de biocombustíveis sustentáveis para a aviação.

Os objetivos serão viabilizados por meio de parcerias com formuladores de políticas públicas e dos participantes envolvidos no segmento de biocombustíveis aeronáuticos. A meta é a obtenção de biocombustíveis com níveis equivalentes de qualidade, segurança de uso, custo e capacidade produtiva adequada, em relação aos combustíveis derivados de petróleo.

A ABRABA acredita que a utilização de biocombustíveis sustentáveis produzidos a partir de biomassas é fundamental para manter o crescimento da indústria de aviação em uma economia de baixa emissão de carbono.

Capacitação tecnológica nacional

O engajamento do Brasil em projetos de desenvolvimento de combustíveis alternativos capacitará agricultores, técnicos e indústrias, de forma a criar uma base tecnológica consistente. Entre os benefícios que o estabelecimento de uma política específica e com vistas ao futuro da aviação traria para o país estão:

  • Promover o desenvolvimento tecnológico entre academia, agências reguladoras e organismos privados;
  • Capacitar e promover a inserção da indústria nacional no mercado de combustíveis alternativos;
  • Engajar o setor agrícola e instituições de pesquisa visando à busca de material genético de alta produtividade e o desenvolvimento produtivo de culturas agro-energéticas adequadas;
  • Agregar valor às biomassas produzidas no país;
  • Avaliar os impactos da utilização de biocombustíveis sustentáveis para a aviação;
  • Garantir a segurança e independência energética para a aviação de defesa.

Para entrar em contato, por favor clique aqui.  


Afiliados:
  • ABPPM - Associação Brasileira de Produtores de Pinhão Manso
  • AIAB - Associação das Indústrias Aeroespaciais do Brasil
  • Algae - Biodiesel de Algas
  • Amyris
  • AZUL - Linhas Aéreas Brasileiras
  • EMBRAER
  • GOL - Linhas Aéreas Inteligentes
  • Jetbio
  • TAM
  • TRIP - Linhas Aéreas
  • UNICA - União da Indústria de Cana-de-açúcar

Copyright 2011 ABRABA. All rights reserved.